Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

Crime
Publicada em 01/10/18 às 13:24h - 88 visualizações
Acusado de morte em RO, PM de MT já executou sargento em VG
Dois assassinatos teriam como motivação mulher

FOLHAMAX


 (Foto: FOLHAMAX)

O policial militar da cidade de Várzea Grande, identificado Ivanildo da Silva Bezerra Filho, 26 anos, que matou a tiros um rapaz de 19 anos durante uma briga em uma festa na madrugada de domingo (30), em Rondônia, é o mesmo que em março deste ano matou um sargento da PM após uma discussão por causa de mulher. De acordo com as informações, o segundo crime do PM ocorrido neste domingo também teria sido motivado por conta de mulher. 

Segundo informações, a vítima Noar da Silva, de 19 anos, se envolveu em uma discussão com o soldado no estacionamento de uma festa que acontecia em um clube da cidade de Jaru. Depois dos disparos, o suspeito fugiu do local, mas foi localizado pela polícia e se identificou como policial. Já em março deste ano, o policial teria sido “pego” na casa da ex-mulher de um sargento da PM. 

Na ocasião o sargento José Carlos Camelo, 44, pulou o murro da casa da ex-mulher e iniciou uma discussão com o soldado, que atirou quatro vezes contra a vítima. O sargento morreu no local. O caso ocorreu no bairro Jardim Marajoara, em Várzea Grande.

Do crime de Rondônia, Ivanildo disse que estava de férias e visitava familiares em Theobroma (RO) e que no domingo decidiu ir até Jaru, para ir na festa que acontecia no clube. Já no local, o PM encontrou uma amiga e quando estava conversando com ela, o jovem se aproximou e o insultou.

Houve uma discussão acalorada e luta corporal, momento em que os seguranças separaram a briga. Minutos depois, o policial foi abordado pela vítima e outras duas pessoas no estacionamento do clube, que chegaram dizendo “Tá fechando com Polícia agora é…”.

O PM teria pedido para os rapazes se afastarem, no entanto não obedeceram. De acordo com a polícia local, cinco disparos foram efetuados.

A vítima foi socorrida por populares, mas foi a óbito na unidade de saúde. O policial foi encaminhado até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Jaru. Com ele, ainda foi encontrado uma pistola calibre 380 e dois carregadores, contendo 25 munições.





Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.




No Ar
Brasil Caboclo com Batista Alves
Peça sua Música

  • Marcelo
    Cidade: Primavera do Leste
    Música: Pirata de esquina
  • Leuzinete rosa silva
    Cidade: Primavera do leste mt
    Música: Senhor presidente proj
  • Gabriela
    Cidade: Rio Verde
    Música: Brendon Sales
  • Raquel
    Cidade: Aragarças
    Música: Seu moleque
  • Reis
    Cidade: Aruana
    Música: Faz Tum Tum de Tom cayano
  • ADELIA
    Cidade: ARUANA
    Música: FAZ TUM TUM DE TOM CAYANO
Publicidade Lateral
CHAT ONLINE

Digite seu NOME:


Parceiros

Copyright (c) 2018 - Rádio Aruanã - Todos os direitos reservados